30/12/2013

DISCÍPULOS DE CAIM


“Prosseguiram pelo caminho de Caim” Judas v.11
Quem são estes que Judas diz que prosseguiram pelo caminho de Caim?
Para descobrirmos, vamos ver o que aconteceu com Caim.


"Conheceu Adão a Eva, sua mulher, ela concebeu e, tendo dado à luz a Caim, disse:
Alcancei do Senhor um varão. Tornou a dar à luz a um filho-a seu irmão Abel. Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra.
Ao cabo de dias trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao Senhor. Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura.
Ora, atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta, mas para Caim e para a sua oferta não atentou." Gn. 4. 1-5

Um discípulo de Caim anda mais preocupado com a oferta do que a coerência da vida daquele que oferta. Em primeiro lugar são pessoas que dão mais valor as ofertas aparentes do que a essência que habita o fundo do ser.
O problema não estava na oferta, mas na vida, nas obras, que não eram justas.
“Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz a porta...”
A bíblia diz que Deus se agradou primeiro da pessoa e depois da oferta.
Da mesma forma Deus desagradou-se primeiro da pessoa (Caim) e como conseqüência, da sua oferta.
A oferta em si não tem nenhum sentido espiritual, se divorciada da boa motivação e conduta daquele que faz.
Quando olhamos esse episódio, achamos que Deus se agradou da oferta de Abel porque ela era melhor do que a oferta de Caim. Não foi assim.
Deus não olha a oferta, mas sim o ofertante.
Isso me faz lembrar da oferta de uma pobre Viúva em Marcos 12. 41-44

"E sentando-se Jesus defronte do cofre das ofertas, observava como a multidão lançava dinheiro no cofre; e muitos ricos deitavam muito.
Vindo, porém, uma pobre viúva, lançou duas moedas, que valiam um quadrante.
E chamando ele os seus discípulos, disse-lhes:
Em verdade vos digo que esta pobre viúva deu mais do que todos os que deitavam ofertas no cofre, porque todos deram daquilo que lhes sobrava, mas esta, da sua pobreza, deu tudo o que tinha, mesmo todo o seu sustento." Marcos 12.41-44 Jesus não aceitou as ofertas daqueles que ofertavam grandes quantias em dinheiro, mas da singela oferta da pobre Viúva ele aceitou. Porque ?
Porque Jesus vê o coração do ofertante e não a oferta em si. Quem teme a Deus oferece o melhor a Deus.
Quem prossegue no caminho de Caim só tem barganhas a fazer. “É para Inglês vê”

São pessoas que se enchem de inveja quando vê a graça de Deus agindo na vida dos outros. Quem odeia um irmão cheio de graça, odeia também o Deus de toda a graça.
Discípulos de Caim sentem inveja especialmente em função de se constatar a graça de Deus agindo na vida de alguém.
Ao invés de Caim buscar a aceitação de Deus, ele preferiu odiar e matar seu irmão Abel.
Caim sentiu ódio contra Deus e Abel. Quem odeia o irmão, também odeia a Deus.

“Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele”. I Jo 3.15
O que aconteceu com Caim, poderia acontecer na igreja. Por isso o cuidado para que não se praticasse o homicídio emocional “seguindo-se pelo caminho de Caim”.

Conclusão:
Discípulos de Caim, são pessoas que dão mais valor as ofertas aparentes que a essência que habita no profundo do ser. Essa realidade é que se enche de inveja quando se vê a graça de Deus agindo na vida dos outros.
Com isso podemos correr o risco de estarmos prosseguindo pelo caminho de Caim.


Autor: Fabiano W. Moreira
Igreja Prebiteriana do Brasil
Sorocaba- SP