14/05/2014

" ESCONDE-ESCONDE "





"E buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o
vosso coração" (Jeremias 29:13).

Uma velha história nos conta sobre um pequeno menino que
brincava de "esconde-esconde" com seus amigos. Por uma razão
desconhecida, os demais amigos foram embora enquanto o
menino estava escondido. Vendo que ninguém aparecia para lhe
procurar e percebendo que o haviam deixado sozinho, o garoto
começou a chorar. Seu avô, veio em sua direção para ver o
que havia acontecido, com o propósito de consolá-lo. Depois
de ouvir a explicação do neto, ele disse: Não chore,
querido, eles não vieram procurá-lo mas talvez você possa
tirar uma boa lição desta decepção. Nossa vida é como um
jogo entre Deus e nós. Só que é Deus quem está lamentando o
fato de não estarmos jogando como devíamos. Ele está
esperando ser achado, mas muitos o deixaram de lado para
irem procurar outras coisas." Como estamos lidando com este jogo da vida? O que temos procurado com mais afinco e determinação? Temos buscado a
Deus como guia para alcançarmos os nossos propósitos ou será
que o temos deixado à margem de todas as nossas decisões. No "esconde-esconde" de nosso viver diário, o maior regozijo e a maior felicidade consiste em estarmos sempre procurando achar o Senhor em tudo o que fazemos. Quando invertemos o jogo, ou seja, quando estamos sempre nos escondendo dele,
deixamos de gozar da presença e das bênçãos que Ele tem
preparado para todos nós.

Não deixe o Senhor esperando, procure-o agora!"