13/01/2014

UMA HISTÓRIA SOBRE SONHOS


Conta uma velha história que o filho voltou à casa do pai, depois de 20 anos que havia partido e pediu que o pai o aconselhasse.

Disse o filho que precisava muito ouvir a sabedoria do pai, sobre qual era a solução para o enorme problema que estava enfrentando.

- Pai, estou sem forças, não agüento mais. São muitas barreiras colocadas à minha frente. Quando supero uma, logo aparece outra, as vezes maior ainda. Por favor, me ajude. O que devo fazer meu pai?

O pai refletiu por alguns minutos e, em seguida, convidou o filho para um passeio, levando-o até um grande lago onde havia uma barragem de usina.

Chegando lá, perguntou ao filho:

- Meu filho, qual é o seu maior sonho?

- Sonho, pai? Ora, sonho eu não tenho mais. As dificuldades acabaram com meus sonhos.

- Filho, quero que olhes para este lago. Isto aqui era um caudaloso rio até que se construiu aquela barragem e formou-se este lago.

- E daí pai, o que isto tem a ver comigo?

- Tudo, meu filho. Diga-me, você sabe que esta água produz energia que ilumina e movimenta várias cidades, não sabe?

- Sim, pai, disse o filho, sem ainda entender nada.

- Pois saiba que toda esta reserva de energia enorme, acumulada neste lago, vem do sonho da água que é chegar até ao oceano, meu filho. Se a água não tivesse este sonho, ela também não teria esta energia. A barragem freia o sonho, mas a água continua a correr, pelas turbinas, para atingir seu sonho: chegar ao mar.

- Explique melhor, meu pai.

- Você possui fantásticas reservas de forças dentro de você, meu filho. Para soltar toda esta força você precisa ter grandes sonhos, como a água, e ousar vivê-los. Você permitiu que as dificuldades naturais da vida matassem seus sonhos. Se você sonhar de novo, e lutar para tornar seus sonhos realidade, então nada poderá detê-lo.


“Para realizar grandes coisas não basta apenas sonhar, é preciso sonhar e acreditar”.