23/03/2014

CRISTIANISMO APÓSTATA


Recente pesquisa levada a cabo por dois autores ateus
americanos revela a existência de pastores que simplesmente não crêem na Bíblia e nem mesmo na existência de Deus. Alguns continuam no ministério por motivos meramente financeiros.

Em ASHEVILLE, EUA, a Igreja Episcopal vai hospedar ritual pagão de bruxas. O movimento feminista dentro da Igreja Anglicana, que hoje tem sacerdotisas lésbicas a seu serviço, já vem propondo há décadas a substituição da figura patriarcal de Deus por uma figura feminina (matriarcal).

Publicação metodista questiona a veracidade da castidade de Jesus e a necessidade da castidade para pastores/as solteiros(as)
A Escola de Teologia de Claremont, Califórnia, vai se tornar multi-religiosa e treinar sacerdotes para todas as fés. O seminário vai propiciar classes compartilhadas por candidatos ao sacerdócio judaico e muçulmano, e futuramente para hinduístas e budistas, em associação com escolas dessas religiões.

Luteranos abrem as portas para ministros gay - Sete ministros abertamente gays acabam de ser ordenados pela Igreja Evangélica Luterana da América. Outras denominações já abriram o seu ministério aos gays: a Igreja Episcopal, a Igreja Unida de Cristo; também uma das igrejas presbiterianas está em processo para a implantação dessa abertura.

- Muitos muçulmanos esperam que o novo relógio gigante de Meca substitua a hora GMT
Um relógio gigante está sendo instalado no topo do segundo edifício mais alto do mundo, em Meca.

Ele tem quatro faces e será visualizado por sobre a grande mesquita de Meca. Autoridades sauditas crêem que Meca poderá ser uma alternativa ao uso atual do Meridiano de Greenwich como referência para os fusos horários mundiais.

Daniel 7:25 diz: "e ele (o Anticristo) cuidará de mudar os tempos e as leis"...
A chanceler Angela Merkel falou a um jornal sobre a mudança que a maciça imigração muçulmana (4.000.000 de islâmicos) tem acarretado na Alemanha e disse que os alemães devem desenvolver um esforço de integração e reconhecer a nova realidade, bem como acostumar-se ao número crescente de mesquitas que pontilham as cidades alemãs.

Vídeos postados no YouTube mostram muitas calçadas de Paris bloqueadas por adoradores islâmicos na hora da reza , cinco vezes ao dia. Moradores e lojistas são impedidos de entrar ou sair.

O homem que colocou os vídeos teve sua vida ameaçada e adotou o pseudônimo de Lepante. Ele observa que a lei francesa não permite cultos públicos, e o que está sendo concedido ao Islã (pois as autoridades fazem vista grossa) não é permitido aos cristãos nem a nenhuma outra religião.

Ele diz que o que acontece na França é um alerta ao Ocidente, pois mais cedo ou mais tarde todos os demais países terão que confrontar-se com essa situação.
Grupo islâmico radical lança recrutamento visando a buscar apoio para um Califado Islâmico Mundial

Em Chicago um grupo islâmico considerado como tendo vínculo com a Al-Qaeda, está recrutando apoiadores para um futuro império islâmico mundial. O objetivo, conforme experts, é doutrinar jovens para a Jihad, os quais formariam uma espécie de infantaria da Al-Qaeda.

Trata-se do mesmo grupo que produziu a primeira conferência islâmica dos EUA no ano passado, na mesma cidade, intitulada "Queda do capitalismo e ascensão do Islã".

Movimentos islâmicos estão tentando formar um triângulo islâmico composto por partes da Bósnia, Macedônia e Bulgária.

A presença muçulmana também se faz notar na Sérvia e na Bulgária, com pregações para doutrinação de seguidores.

Será que a Europa (e o mundo e uma maneira geral) está ficando cega e não vê que o islamismo está aos poucos dominando toda a Europa?


Nota: Os europeus não querem ter filhos (a taxa demográfica está ficando negativa, enquanto que os mulçumanos que estão na Europa se proliferam abundantemente). O que podemos deduzir de tudo isto?


Autor: Adail Campelo 
recebido por email