19/05/2014

QUAL É A LÍNGUA DO CRENTE ?




A língua do crente.


Não temos noção, talvez muito pouco, da importância da nossa língua. A língua enquanto órgão desempenha papel importante na articulação dos sons, sobretudo enquanto conjunto das palavras ou expressões usadas por um povo, ou o conjunto de regras de sua gramática; idioma. É essencial para haver a comunicação entre os homens, e não imprescindível, pois sabemos que existem vários tipos de linguagem. Mas a língua, de um modo em geral, nos permite levar as boas novas de salvação aos perdidos, louvar ao Senhor com cânticos de adoração, orar ao Senhor, dar testemunho de uma verdadeira vida cristã, etc.

Assim como a língua pode ser um meio de salvação também pode ser de perdição. Se pecarmos em pensamento, não devemos falar o que pensamos e sim, pedir perdão ao Senhor pelo que pensamos. “Pois, quem quer amar a vida, e ver os dias bons, refreie a sua [língua] do mal, e os seus lábios não falem engano” IPe. 3:10.

Nós crentes generalizamos o pecado da língua como falar palavrão, esse é apenas um deles. Portanto, cuidado adolescentes e jovens, nossos lábios devem ser puros. Mas também pecamos quando maldizemos o nosso irmão, vizinho, parente ou colega de trabalho, assim como, quando reclamamos em uma fila de espera por exemplo. Temos que ser semelhantes a Jesus, sendo exemplos de mansidão e refreando nossa língua. “Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua [língua], mas engana o seu coração, a sua religião é vã.” Ti 1: 26

Então devemos pensar muito antes de falar, pois fazendo assim, evitamos muitos problemas e o Senhor se alegrará com o nosso viver. “Porque está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda [língua] louvará a Deus.” Rom. 14:11. Usemos nossa língua para louvar e bendizer o nome do Senhor.